Profissionais de Dança ouvidos pela Comissão Parlamentar da AR

02/07/2020

No passado dia 1 de Julho, e no âmbito da Petição entregue na Assembleia da República pela Plataforma Escolas de Dança de Portugal sob o título “Abertura das Escolas de Dança – Apoios e Medidas”, os profissionais de dança de Portugal foram finalmente ouvidos em sede de Comissão Parlamentar de Cultura e Comunicação da Assembleia da República.

Representados pelo Pedro Marques, impulsionador da Plataforma, e ainda por  Cláudia, Óscar Salazar e Fernando Salazar, tivemos 10 minutos para expor os nossos anseios e reivindicações, algo que foi brilhantemente desempenhado pelo Pedro Marques. Falou com clareza, de forma assertiva, tendo sido inclusivamente elogiado pela sua dicção. O texto estava muito bem redigido e conseguiu-se abordar todas as questões pertinentes relacionadas com as distintas áreas da dança em Portugal. Foi realmente uma prestação digna de nota e um grande motivo de orgulho para todos os profissionais da área.

Seguiram-se as respostas dos deputados presentes que, de um modo geral, se podem considerar realmente positivas, alguns chegando mesmo a comprometer-se em ajudar-nos nas nossas reivindicações, nomeadamente:

  • levando algumas questões ao Governo em sede de Assembleia da República no âmbito da acção fiscalizadora que lhe compete;
  • solicitando que seja emitida uma circular interpretativa das regras actuais, pensada especificamente para o sector da dança, para que nos possamos movimentar com clareza e sem estarmos sujeitos a critérios subjectivos e discricionários de interpretação das normas actuais vigentes.

O deputado do PSD teve uma postura mais desagradável, mas os nossos representantes, exercendo o seu direito de resposta, estiveram mais uma vez muito bem, conseguindo responder a todos de forma eficiente e cordial, trazendo respeito, seriedade e credibilidade para o sector da dança em Portugal.

O IPDC aproveita, por este meio, para agradecer aos quatro representantes do sector da dança pela sua brilhante prestação e para agradecer a todos os que, com esforço e empenho, têm dedicado do seu tempo em defesa dos interesses de todos.

Continuemos juntos e empenhados e chegaremos longe!