Medidas do novo Confinamento – Escolas de Dança

14/01/2021

De acordo com o Decreto-Lei nº3-A/2021 que regulamenta o Estado de Emergência a partir de 15 de Janeiro, o Conselho de Ministros determinou (informação foi confirmada diretamente pelo Governo):

⁃ Dever Geral de Recolhimento sem excepção para frequência de aulas de dança ou para assistir a espetáculos;
⁃ Encerramento das escolas de dança e equipamentos culturais.

É permitido circular para trabalhar se tal não for possível em teletrabalho. Por exemplo, companhias de dança profissionais poderão continuar com os ensaios.
Professores sem condições para dar aulas on-line também poderão alegar que não é possível teletrabalho e poderão dar aulas online das instalações das escolas.

O IPDC está a aguardar que sejam publicados as definições dos apoios que irão existir para profissionais e também para associações e empresas do setor.

Constituímos também um Gabinete de Crise em parceria com as várias associações do setor da dança, para apoiar e esclarecer os profissionais e estruturas de dança relativamente ao novo confinamento.

Em caso de dúvida reencaminhem as vossas questões para info@ipdc-pt.com, ou, no caso de já estar registado no site do IPDC, poderá aceder à área de atividade geral para deixar a sua questão identificando o IPDC (@ipdc).

A Direção IPDC
“Unidos pela Dança em Portugal”