ipdc AD22

O Instituto Português de Dança e Cultura – IPDC convoca todos os seus associados para a Assembleia Geral do ano de 2022, que se realizará no Domingo dia 06 de Março, das 11:00h às 12:30h. Esta Assembleia Geral será realizada virtualmente através da plataforma zoom.
O IPDC informa também que nesta Assembleia Geral abordaremos os seguintes temas e propostas:
* Apresentação do Plano de Atividades 2022
* Certificação de Professores/Profissionais
* Bandeira da Ética (IPDC)
* Unidos Pela Dança
* Dance Awards
* Campeonato Nacional de Danças Sociais
* Ciclo de Debates
* Organização de Grupos de Trabalho / Macro-Áreas IPDC
* Apresentação do relatório e contas 2021
* Aprovação de Orçamento para 2022

Informamos a todos que a participação na Assembleia Geral é exclusiva a Sócios IPDC. Neste Sentido, pedimos a todos os sócios que confirmem nos emails (inclusive Spam), o link de acesso à reunião que será enviado em breve.

Ainda não sou Sócio!!!

Se ainda não se associou ao IPDC, então esta é a altura certa para o fazer! Estamos a construir um instituto de todos e para todos aqueles que trabalham e desenvolvem a área das danças sociais em Portugal.
Para fazer a adesão enquanto sócio IPDC, basta preencher o seguinte formulário e anexar o comprovativo de transferência bancária. A quota é anual tem um valor de 30€ por sócio.

Registo de Novo Sócio - IPDC

(Pagamento de quota de sócio para 2022).

"*" indica campos obrigatórios

Passo 1 de 3

Este formulário destina-se à recolha dos seus dados pessoais, bem como à recolha do comprovativo de pagamento da quota anual de sócio do IPDC. NOTA IMPORTANTE: Os dados inseridos no formulário deverão ser relativos à pessoa que pretende associar-se ou seja, todas as inscrições são pessoais e singulares. Por esse motivo, para o ano de 2022, todas as quotas pagas ao IPDC serão igualmente relativas a uma só pessoa que no âmbito da associação se representará apenas a si mesma, independentemente de ser proprietária de uma escola, associação ou sociedade comercial de dança, ou mesmo de trabalhar no âmbito de uma parceria entre bailarinos (trabalho de par), professores (distintos professores de uma mesma escola) ou dj´s. O IPDC considera que a representatividade da nossa área laboral, bem como os nossos direitos e deveres enquanto profissionais, são aspetos primeiramente individuais e intransmissíveis, razão pela qual se decidiu focar esta primeira fase de associativismo exclusivamente em cada profissional a título individual.
Nome Completo*